Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
Policial

1ª sessão do ano: Homem tenta agredir presidente da Câmara de Diamante e é preso pela polícia; veja o vídeo

Publicada em 10/02/19 às 08:28h

por Portal BV Online


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Momento em que o empresário foi preso dentro da Câmara de Diamante  (Foto: Reprodução/Redes sociais)
Na manhã desse sábado (9) aconteceu a primeira sessão legislativa da Câmara Municipal de Diamante, no Vale do Piancó, e a reunião terminou em tumulto e tentativa de agressão contra o presidente Adriano dos Santos Bernardino, mais conhecido como Mancha. O acusado é o empresário Abílio Ferreira Lima Neto que foi preso em flagrante. O fato aconteceu por volta das 9h40. 

O agressor entrou na Casa Legislativa e em pouco tempo tentou atacar o presidente que estava conduzindo a sessão. A Polícia Militar estava no local e foi acionada para conter a confusão. Eles entraram e prenderam, com resistência, o empresário, que foi algemado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Itaporanga. A vítima também prestou depoimento. 

De acordo com Mancha, isso foi motivado por questões políticas.  Segundo ele, em uma transmissão ao vivo feita no Facebook na noite de ontem, o empresário, que tem contratos com a Prefeitura de Diamante, partiu pra cima dele porque ele fez denúncias de irregularidades e superfaturamento em obras realizadas pelas construtoras Abílio Ferreira Lima Neto EPP e Braço Forte EPP. 
 
"A Câmara, na pessoa de Adriano, está fiscalizando diversas coisas erradas, e o dinheiro que está faltando na Prefeitura está sendo desfalcado por essas empresas, por isso ele vem tumultuando e fazendo Boletins de Ocorrências falsos contra mim", disse o presidente. 

“Me sinto constrangido, vou entrar com uma ação contra ele no Ministério Público e na Justiça comum”, acrescentou Adriano.  

O vereador ainda contou que vem sendo ameaçado e por isso teve que solicitar apoio do 13º Batalhão de Polícia Militar três dias antes para fazer a segurança da Câmara durante a sessão. "Eu tenho recebido várias ameaças via mensagens e por isso enviei um ofício para o comando da polícia solicitando reforço no local. Agradeço aos polícias pelo serviço prestado ao Poder Legislativo de Diamante". 

Adriano e o acusado já se envolveram em outras polêmicas antes e há uma medida cautelar que proíbe a aproximação de 200 metros de ambos, essa medida judicial foi descumprida por Abílio. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 (83) 9.9636-7101

Copyright (c) 2019 - Portal BV Online - "Até aqui nos ajudou o Senhor." (1 Samuel 7:12)